A Global Aprova é uma empresa especializada nos serviços de aprovações de empreendimentos imobiliários residenciais, comerciais e industriais em parcerias com os escritórios de projetos e com as incorporadoras nas cidades de Campinas e região.

Com profundo conhecimento das legislações municipais e estaduais, trabalhamos com transparência e eficácia para viabilizar os mais complexos empreendimentos, atuando desde a avaliação preliminar do terreno, levantamento de diretrizes urbanísticas e ambientais, processos de loteamentos e aprovações dos empreendimentos imobiliários.

Mais do que os serviços oferecidos, buscamos relações de parceria e solidez, baseados em confiança e competência nos trabalhos realizados.

Serviços

A Global Aprova oferece a seus clientes, um trabalho especializado, coerente, detalhado e especifico à necessidade de cada cliente.

O processo de cadastramento de uma gleba tem por objetivo o seu registro no Cadastro Técnico Municipal, que fornece informações dos imóveis inseridos no perímetro urbano. A gleba passará a ser dotada de infraestrutura básica como redes de água e esgoto, rede de drenagem pluvial, pavimentação, guias, sarjetas e iluminação pública.

O processo de Certidão de Diretrizes Urbanísticas fornece ao proprietário informações sobre as interferências, condicionantes e restrições incidentes sobre a gleba de caráter ambiental, urbanístico, de uso e ocupação do solo e do sistema viário que nortearão o desenvolvimento de projetos sobre a área.

Parcelamento do solo é a subdivisão de gleba mediante loteamento ou desmembramento ou desdobro de lote, observadas as disposições da Lei Federal nº 6.766, de 19 de dezembro de 1979 e alterações e das legislações estaduais e municipais pertinentes;

  • Loteamento: é a subdivisão de gleba em lotes destinados a edificação, com abertura de novas vias de circulação, de logradouros públicos ou prolongamento, modificação ou ampliação das vias existentes;
  • Desmembramento: é a subdivisão de gleba em lotes destinados a edificação, com aproveitamento do sistema viário existente, desde que não implique a abertura de novas vias e logradouros públicos, nem no prolongamento, modificação ou ampliação dos já existentes.

Os processos de aprovações de projetos podem ser de obras novas ou de construções já existentes que precisam de regularização. Ambos os processos são analisados e enquadrados nas legislações específicas de cada município. Na finalização do processo, a prefeitura emite ao proprietário cópia do projeto aprovado acompanhado dos alvarás de aprovação e execução.

  • Obra nova: é a construção ou ampliação de empreendimentos residenciais, comerciais, de serviços, industriais ou institucionais com prévia aprovação pela prefeitura;
  • Obra a regularizar: é a construção ou ampliação de estabelecimentos residenciais, comerciais, de serviços, industriais ou institucionais já executados clandestinamente, sem prévia aprovação pela prefeitura.
  • Projetos de pavimentação e arruamentos junto à secretaria de infraestrutura: deverão ser aprovados quando nas áreas particulares incidirem abertura ou ampliação de novas vias, que deverão ser executadas pelo empreendedor.
  • Projetos de drenagem de água pluvial: podem ser externas ou internas ao empreendimento. Num processo de aprovação de um loteamento, quando implicar na abertura de novas vias, essas deverão ser dotadas de rede de drenagem. Nos condomínios, a aprovação da drenagem pluvial implica na interligação da rede interna com a rede pública.
  • Certificado de Conclusão de Obra (CCO) ou Habite-se: é o documento expedido pela prefeitura que atesta a conclusão, total ou parcial, de obra ou serviço para a qual tenha sido obrigatória a prévia obtenção de Alvará de Execução;
  • Fichas cadastrais/técnicas: documento que contém informações do lote ou gleba quanto ao uso e ocupação do solo, incidência de melhoramentos públicos, áreas verdes e demais dados cadastrais disponíveis;
  • Certidão de uso do solo: documento com informações sobre as atividades permissíveis ou toleradas e parcelamento do solo no município de acordo com o Plano Diretor do Município e lei de Uso e Ocupação de Solo;
  • Certidão de perímetro urbano: documento assinado, com fé pública, emitido pelo município que informa se um imóvel está localizado em zona urbana ou em zona rural do território municipal. É útil para imóveis que se localizam em regiões limítrofes entre as zonas;
  • Alvará de uso ou funcionamento: licença concedida pela prefeitura, permitindo a localização e o funcionamento de estabelecimentos comerciais, industriais, prestadores de serviços, bem como de sociedades, instituições e associações de qualquer natureza, vinculadas a pessoas físicas ou jurídicas;
  • Alvará de demolição: documento que autoriza a demolição total ou parcial de qualquer tipo de construção;
  • Certidão de Viabilidade de Saneamento da SANASA/SABESP/Odebrecht Ambiental: analisa as diretrizes já implantadas e as que precisarão ser executadas com a finalidade de informar e suportar a demanda para o abastecimento/esgotamento de uma região ou empreendimento.
  • Alvará de aprovação e execução: licenças emitidas pela prefeitura que atestam a aprovação do projeto e o início da execução da obra, tendo prazos legais para prescrever após a sua emissão.
  • Viabilidade GAPE (Grupo de Análise de Projetos Específicos): tem por objetivo analisar projetos de empreendimentos que exijam estudos específicos, a fim de determinar quais obras e intervenções serão necessárias para compatibilizar e minimizar eventuais impactos advindos da implantação e analisar pedidos de Loteamentos Fechados e de Instituição de Cinturão de Segurança na cidade de Campinas.

Links úteis

Siga-nos